No aniversário de Kim Jong Un, 5 curiosidades que você não conhece sobre o líder da Coreia do Norte

O dia 8 de janeiro marcou o aniversário de Kim Jong Un, líder da República Popular Democrática da Coreia (RPDC) e uma das figuras mais presentes no noticiário internacional. Vale a pena alongar as palavras nessa data pra conhecer um pouco mais sobre este homem tão popular.

Afinal, quem é Kim Jong Un? Como funciona a estrutura política e os cargos de governo na Coreia? Quais são suas reais funções como líder? Por que ele é tão importante dentro e fora do seu país?

1. Parentesco valioso

Kim Jong Un é neto de Kim Il Sung, líder do movimento anticolonial que libertou a Coreia (que até então não era dividida) da violenta ocupação japonesa entre 1910-1945. Em 1948, seu avô também fundou a República Popular Democrática da Coreia, chamada no ocidente de “Coreia do Norte”. O primeiro filho de Kim Il Sung foi Kim Jong Il, nascido em 1942, que é, por sua vez, pai de Kim Jong Un.

Kim Jong Un com seu pai, Kim Jong Il (Cortesia – Matheus Knupp)

2. A dinastia Kim

Somos induzidos a pensar que há uma “Dinastia Kim” na RPDC, afinal, o país foi liderado por avô, pai e agora neto. Mas não é bem assim que a estrutura política norte-coreana funciona.

No Brasil e na maioria dos países regidos pelo Estado Democrático de Direito (ou Democracia Burguesa), o poder é dividido entre Executivo, Legislativo e Judiciário. Na Coreia Popular, o sistema é o mesmo, existindo instituições para cada um desses poderes. Além disso, a política é conduzida pela Democracia Popular, ou seja, quem ocupa a máquina do Estado não são os grandes proprietários, latifundiários, religiosos e executivos, mas sim a classe trabalhadora.

O órgão de maior hierarquia política da RPDC é a Assembleia Popular Suprema (APS), dirigida por três líderes eleitos que cumprem períodos de mandatos. A APS funciona de modo semelhante à nossa Câmara dos Deputados do Brasil: é lá onde os deputados eleitos se reúnem para elaborar as leis, medidas e emendas que vão à votação, podendo ser aprovadas ou não. Porém, diferente do que ocorre aqui, os 687 deputados federais da APS elegem não apenas um, mas três deputados líderes da casa.

Atualmente, Kim Jong Un é um desses três líderes, tendo primeiramente sido eleito deputado federal pelo distrito de Paektusan através de eleições diretas e posteriormente eleito pelos deputados como Presidente da Comissão de Assuntos Estatais, um dos três pilares da Assembleia Popular Suprema.

Além dele, há Choe Ryong Hae e Kim Tok Hun, respectivamente Presidente do Presidium e Primeiro Ministro do Estado, completando a tríade de líderes da APS. Apesar de cada um desses pilares possuir uma função específica, não há diferença hierárquica entre estes três cargos e seus mandatários estão sujeitos às leis e regras políticas como qualquer deputado.

+ Leia também: A Coreia do Norte é uma monarquia?

3. Os reais poderes de Kim Jong Un

Mas afinal, quais são as reais funções de Kim Jong Un? Ele acumula as pastas de:

a) Presidente da Comissão de Assuntos Estatais;
b) Líder do Partido do Trabalho da Coreia;
c) Comandante Geral das Forças Armadas da RPDC (cargo sempre amarrado ao de Presidente da Comissão de Assuntos Estatais).

É importante observar que, apesar do armistício (trégua) de 1953, os Estados Unidos não assinaram o acordo de paz, fazendo com que a Coreia Popular ainda esteja em guerra 7 décadas após o confronto armado da Guerra da Coreia (1950-1953). Em tempos de guerra, as Forças Armadas ganham prioridade nos assuntos estatais, motivo pelo qual Kim Jong Un geralmente se encontra em mais evidência nas conduções políticas. Essa prioridade, contudo, não significa exclusividade, tampouco superioridade.

Quanto ao seu cargo de liderança partidária, isso também o coloca em evidência. Na prática, o Partido do Trabalho da Coreia, que foi fundado pelos revolucionários que lutaram na libertação do país, é o partido mais popular, com o maior número de filiados e de maior representação nas assembleias da RPDC, o que resulta de fato em uma hegemonia democraticamente conquistada – o partido disputa as eleições com outros. Correspondem à menor fatia alguns parlamentares do Partido Chondoísta Chongu, do Partido Social Democrata e, em número ainda mais baixo, políticos sem nenhum partido.

4. Impulsionando modernizações

Kim Jong Un tem um papel importantíssimo no incentivo ao desenvolvimento tecnológico da Coreia Popular. O programa nuclear, por exemplo, foi a salvação dos coreanos do norte de sofrerem uma intervenção militar estadunidense. A arma nuclear, apesar de polêmica, na prática fez com que o campo de batalha fosse transferido para uma mesa de negociações.

Mas o desenvolvimento tecnológico da RPDC possui outras ramificações, como por exemplo o avanço na produção de energia solar limpa e a elaboração de usinas de fertilização artificial, que presta um incalculável auxílio à agricultura do país, prejudicada geograficamente pela topografia acentuadamente acidentada. Além disso, é quem mais tem incentivado a abertura do turismo na Coreia Popular nas últimas décadas, investindo no desenvolvimento de polos turísticos não apenas na capital Pyongyang, mas em vários distritos, como por exemplo na cidade litorânea de Wonsan.

Fábrica de fertilizantes inaugurada ano passado
Novas moradias populares e bairros construídos

5. Gente como a gente

Por mais que se diga o contrário no noticiário rotineiro, Kim Jong Un tem uma relação de muita proximidade com o povo coreano, sendo bastante ativo nas visitas à escolas, creches, hospitais, fábricas, fazendas e até mesmo lares de famílias. Nessas assim chamadas orientações de campo, Kim Jong Un dirige e supervisiona novas construções e conduções de trabalhos econômicos, políticos, e militares. É uma constante por parte dele que se ouça a população, absorvendo as críticas do povo, como ficou demonstrado em seus últimos discursos.

Com todos os seus erros e acertos, é uma figura importantíssima nas lutas anticolonial e anti-imperialista. E lutar por essas causas significa lutar pela verdadeira soberania.

Adriano Lima
Centro de Estudos da Política Songun – Brasil

Um comentário em “No aniversário de Kim Jong Un, 5 curiosidades que você não conhece sobre o líder da Coreia do Norte

  1. Excelente texto! Parabéns! Esse trabalho é de altíssima validade, em um cenário de geopolítica marcada pela supremacia da mídia e das reportagens imperialistas e colonialistas.
    Liberdade e prosperidade para a Coréia Popular, e longa vida ao camarada Kim Jong-un!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Nichollas Marques Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s