O que é a Ideia Juche? Breves considerações

Por Gabriel Tanan, Centro de Estudos da Política Songun – Brasil

Juche (주체) é a ideologia criada pelo Presidente Kim Il Sung (김일성) e também desenvolvida pelo Dirigente Kim Jong Il (김정일), que, resumidamente, diz que o ser humano é dono do seu próprio destino e tem a capacidade de modificá-lo, já que é um ser independente, criativo e consciente.

Ju (주) significa “mestre” e che (체) “corpo”, ou seja, Juche pode ser traduzido como “mestre de si próprio”. Juche diz basicamente sobre (e não somente) a independência do país e também a independência da classe trabalhadora.

Chajusong (자주성) pode ser traduzido como “independência”, mas não nos termos filosóficos ocidentais. Independência para a filosofia Juche é a integridade sociopolítica da Humanidade, e essa, por sua vez, é conquistada através da independência individual e coletiva, que só é capaz de acontecer sob um sistema socialista no qual os meios de produção foram socializados, acarretando assim aos indivíduos e aos coletivos de trabalhadores a tomada da independência e a criação de uma sociedade coletivista.

Já uma sociedade individualista é baseada na propriedade privada dos meios de produção, privando a classe trabalhadora de sua independência, criatividade e consciência; portanto, a luta de classes é importante para que esse sistema individualista seja derrubado e um sistema coletivo seja construído no lugar, dando aos indivíduos a capacidade real de tomada de seus direitos e sua independência.

A foice, o martelo e o pincel são os símbolos da Ideia Juche, representando a união monolítica entre operários, camponeses e artistas-intelectuais.

Graças a essa independência, que a classe trabalhadora atinge no sistema socialista, é que o país também como um todo seja soberano e não dependa de forças imperialistas estrangeiras. Isso explica, por exemplo, o avanço e o desenvolvimento da Revolução na Coreia mesmo sob sanções e bloqueios econômicos pesados.

Vale dizer que o Juche não é, diferente do que gostam de propagandear por aí, uma ideologia isolacionista e chauvinista que é contra o comércio exterior, o intercâmbio tecnológico, cultural ou científico. A Ideia Juche entende sim que essas coisas são importantes, mas que nunca devem acontecer sob as custas da soberania e integridade do país. Por exemplo, a Coreia Socialista, ao mesmo tempo que doava mantimentos para África tempo atrás, quando das Revoluções anticoloniais, também ensinava esses mesmos países as técnicas de plantio, irrigação e colheita para que os trabalhadores pudessem desenvolver a agricultura local e depender o menos possível de importações e doações de alimentos.

O Juche desenvolve a questão do nacionalismo proletário, defendendo a tese de que um revolucionário que contribui para a Revolução no seu país, é um revolucionário que também, ao mesmo tempo, contribui para a revolução internacional. Kim Il Sung e Kim Jong Il, ao longo dos anos de formulação, desenvolvimento e teste dessa ideia, nunca afastaram a necessidade do patriotismo revolucionário para o sucesso de um processo socialista. A luta pela emancipação nacional, pela soberania e pela multietnicidade rica do nosso planeta precisa necessariamente passar pelo cultivo do patriotismo, também como forma de autoafirmação em oposição às imposições culturais unipolares.

Como visto muito resumidamente aqui, Juche não é uma simples adaptação do marxismo-leninismo aplicada à realidade coreana, mas sim uma ideologia nova, desenvolvida sim sobre os pilares dos grandes clássicos, mas que traz respostas para um novo estágio da Revolução Socialista, essas respostas não são únicas para o povo coreano, mas universais e que podem ser aplicadas em qualquer realidade, obviamente tendo em vista a situação material de cada revolução.

Você quer entender mais sobre essa ideia? Leia o livro Sobre a Ideia Juche, escrito por Kim Jong Il, gratuitamente aqui!

Um comentário em “O que é a Ideia Juche? Breves considerações

  1. Eu queria entender uma coisa. Qual o lugar e relacao do marxismo na ideia juche? Ou a Coreia, ao colocar a ideia Juche como direcao da sociedade, está rompendo com o marxismo?

    Pode haver um caminho em direcao ao socialismo sem o marxismo?

    Grato se puder me esclarecer.

    Att.

    Fernando Joaquim Ferreira Maia

    Em seg, 5 de jul de 2021 16:38, Centro de Estudos da Política Songun – Bras

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s