Na TV, Coreia do Norte cita Brasil como mau exemplo no combate ao Coronavírus

Durante um programa rotineiro da TV Central da Coreia (KCTV, na sigla em inglês), o Brasil foi citado como um péssimo exemplo no combate ao Coronavírus.

As imagens, capturadas por um internauta e postadas no Twitter do Centro de Estudos da Política Songun do Brasil, mostram um programa da TV estatal coreana que relatava o tratamento dado por vários países do mundo ao novo vírus. Vale lembrar que até o momento não houve nenhum caso de Covid-19 na Coreia do Norte.

Continuar lendo “Na TV, Coreia do Norte cita Brasil como mau exemplo no combate ao Coronavírus”

Kim Hyong Jik, o pai exemplar do fundador da Coreia do Norte

O Presidente Kim Il Sung, em suas Memórias “No Transcurso do Século”, escreveu assim:

“As massas populares tiveram que se pôr de pé com armas e lutar para resgatar o país e construir um mundo novo, livre da exploração e da opressão. Esta foi a conclusão a que meu pai chegou ao cabo de intensos esforços. Assim, optou pelo rumo da revolução proletária.”

Privado do país pelo imperialismo japonês, o povo coreano travou uma luta desesperada pela recuperação do Estado e da independência nacional, mas sofreu repetidos fracassos devido à opressão brutal dos invasores. No interior do país, quase não existiam organizações anti-japonesas ou dirigentes que ousassem se incorporar nelas.

Continuar lendo “Kim Hyong Jik, o pai exemplar do fundador da Coreia do Norte”

A lenda de Sol Juk Hwa, a “Mulan” coreana

Entre as lendas coreanas, existe a história de Sol Juk Hwa.

Cha Kwang Hyok, pesquisador do Instituto de História da Academia de Cientistas Sociais da RPDC, diz:

“A lenda de Sol Juk Hwa conta a história de luta do povo coreano contra a invasão estrangeira. Ela transmite o patriotismo de uma moça que lutou bravamente contra os agressores. Através desta lenda, também podemos conhecer bem o ímpeto e o espírito de luta do nosso povo.”

Continuar lendo “A lenda de Sol Juk Hwa, a “Mulan” coreana”

Como a Coreia do Norte usou túneis na Guerra da Coreia (muito antes do Vietnã)

Conheça as táticas de túnel criadas na Guerra de Libertação da Pátria

Entre as táticas de estilo coreano únicas criadas na Guerra de Libertação da Pátria (25 de junho de 1950 – 27 de julho de 1953) está a tática de túnel.

Era uma poderosa tática de guerra usada para proteger soldados e o equipamento tático o quanto possível dos ataques das armas modernas dos inimigos, além destruir o máximo possível de tropas inimigas.

Continuar lendo “Como a Coreia do Norte usou túneis na Guerra da Coreia (muito antes do Vietnã)”

Mídia norte-coreana revela fotos perdidas da Guerra da Coreia

A Associação Coreana de Intercâmbio de Publicações, através da Associação de Amizade com a Coreia do Reino Unido (KFA-UK), divulgou uma série de fotografias inéditas do período da Guerra de Libertação da Pátria, conhecida no Brasil como Guerra da Coreia.

As fotos foram liberadas para celebrar os 67 anos da Vitória da República Popular Democrática da Coreia na guerra, que durou de 1950 e 1953 e terminou com a assinatura do armistício por parte dos Estados Unidos, que admitiram não conseguir concluir uma guerra de extermínio do Estado socialista coreano.

Continuar lendo “Mídia norte-coreana revela fotos perdidas da Guerra da Coreia”

A maconha é legalizada na Coreia do Norte?

O cânhamo é nativo e cultivado em toda a Coreia do Norte. Porém, lá a maconha é usada  unicamente para uma variedade de produtos industriais (como também no resto do mundo), assim como para uma variedade de medicamentos tradicionais da Coreia que continuam sendo usados até hoje.

Então onde, exatamente, começou a lenda urbana de que a maconha é legal na Coreia do Norte?

Continuar lendo “A maconha é legalizada na Coreia do Norte?”

A participação popular feminina na Guerra da Coreia

A palavra Juche pode ser resumida como “autossuficiência” ou “independência” e foi com essas palavras em mente que milhares de mulheres coreanas se levantaram para lutar contra a dominação japonesa. Entre elas, se destaca Kim Jong Suk, nascida em uma família patriótica e que deu tudo de si para a revolução e proteção dos ideários do Presidente Kim Il Sung.

Continuar lendo “A participação popular feminina na Guerra da Coreia”

Quando os comunistas impediram a entrada do Brasil na Guerra da Coreia

O mês de junho de 2020 marca o 70º aniversário de eclosão da Guerra da Coreia, ou Guerra de Libertação da Pátria, como é chamada na República Popular Democrática da Coreia. E essa data traz à mente fatos que devem ser sempre lembrados pelo proletariado mundial em sua luta árdua através dos anos pela autodeterminação e paz.

A Guerra da Coreia, iniciada em 1950, envolvia a República Popular Democrática da Coreia – país independente fundado pelo povo coreano em 1948 – e os EUA, juntamente com seu Estado fantoche na região, a República da Coreia (a parte sul). O interesse dos EUA na guerra era liquidar o Estado socialista da RPDC e alcançar objetivos políticos e estratégicos ao eliminar a Revolução (que rapidamente se espalhava pelo mundo) e conquistar territórios fronteiriços com a URSS e a China Socialista.

Continuar lendo “Quando os comunistas impediram a entrada do Brasil na Guerra da Coreia”

A contribuição de Kim Il Sung para a África

Em julho de 2019, foi publicado no site The Herald, um dos maiores jornais do Zimbábue, um artigo chamado “Kim Il Sung’s contribution to Africa”. Por sua grande importância histórica, resolvemos traduzir o artigo e publicá-lo a seguir:

A contribuição de Kim Il Sung para a África

A África, que esteve sob comando colonial e era uma base de suprimento de petróleo e outros materiais, um lugar onde o atraso e a pobreza prevaleciam, está agora se tornando um continente desenvolvido em sua trajetória de independência, um continente que está conquistando a prosperidade pelos seus próprios esforços.

Continuar lendo “A contribuição de Kim Il Sung para a África”

Mídia da Coreia do Norte está fazendo cobertura dos protestos anti-racistas nos EUA

As mídias estatais da República Popular Democrática da Coreia têm noticiado ao seu povo as intensas manifestações ocorridas nos Estados Unidos da América nos últimos dias após um policial branco matar barbaramente um negro na cidade de Mineápolis, estado do Minnesota.

É o caso do jornal Rodong Sinmun, órgão do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia e jornal impresso mais popular do país.

Continuar lendo “Mídia da Coreia do Norte está fazendo cobertura dos protestos anti-racistas nos EUA”