CEPS-BR explica: novo míssil planador hipersônico da Coreia do Norte demonstra primazia militar

Por Gabriel Tanan, CEPS-BR

O teste do míssil hipersônico com planador orbital da RPD da Coreia (mais conhecida como Coreia do Norte) impressionou o mundo todo e essa é uma arma moderna que está sendo desenvolvida por um pequeno grupo de países, como EUA, Rússia, China e agora a RPD da Coreia.

Esse texto busca mostrar um pouco do funcionamento dessa arma e sua importância na defesa da soberania do país.

Um objeto voador com velocidade maior que Mach 5 (5 vezes maior que a velocidade do som) é considerado um objeto voador hipersônico. Na categoria dos mísseis, temos duas variantes – os mísseis de cruzeiro e os planadores orbitais -; falaremos aqui somente dos planadores.

Um planador orbital inicia seu voo parecido com um míssil balístico, usando um foguete que leva o planador propriamente dito (que se localiza na ponta do objeto) até a órbita baixa da Terra, sendo solto em seguida. Então, inicia-se um voo planado nas camadas da atmosfera, conseguindo, assim, manobrar e desviar de medidas defensivas do oponente, mergulhando no momento certo para atingir com grande precisão o alvo em uma velocidade que pode chegar acima de 20 mil km/h.

Ilustração demonstra funcionamento simples de um míssil planador hipersônico

Diferente dos mísseis balísticos, o planador, como dito anteriormente, não segue uma trajetória balística que pode ser, teoricamente, facilmente traçada pelo oponente, que consegue preparar suas defesas antiaéreas para o ataque. Nesse cenário, um único míssil balístico seria inútil, pois poderia ser facilmente abatido e, por esse motivo, os países que possuem tecnologia missilística sempre pensam, em um cenário de conflito, em usar uma “chuva de mísseis” para saturar as defesas do inimigo, fazendo assim as ogivas que seguem uma trajetória balística atingirem seus alvos.

No caso do planador, ele consegue desviar muito bem das defesas inimigas e, portanto, o país que está sendo atacado só saberá o alvo quando o planador começar a descer com toda sua velocidade. Como esse mergulho é feito a mais de 20 mil km/h, um míssil defensivo deveria voar, teoricamente, o dobro dessa velocidade, mas não existe nada no mundo próximo a isso, tornando então o planador praticamente impossível de ser abatido, já que não existe defesa contra ele.

O nome desse novo armamento da Coreia Popular é “Hwasong-8”, sendo provavelmente o primeiro de uma família de novos mísseis, todos sendo hipersônicos. Como a engenharia para a construção de um equipamento desses é extremamente complexa, não existe no mundo nenhuma frota ainda totalmente operacional, seja na Coreia ou no restante do mundo. Esse primeiro teste foi feito para confirmar a eficiência do míssil, testando a estabilidade e controle de navegação do objeto no voo ativo e também os índices técnicos, como manobrabilidade guiada e voo planado com uma ogiva nuclear.

Apesar de não estar operacional, o Hwasong-8 mostra não somente a capacidade técnica e científica da Coreia, mas também que o país hoje é uma das maiores potências militares no mundo, capaz de destruir qualquer inimigo em questão de minutos e sem ele ter a mínima chance de se defender. Qualquer país que queira atacar a RPD da Coreia terá que enfrentar essas duas realidades, tendo que enfrentar o dilema da sua própria aniquilação caso tente machucar a soberania daquele país.

É de extrema importância que a Coreia Socialista continue desenvolvendo o seu planador orbital e, ao mesmo tempo, desenvolvendo um míssil de cruzeiro hipersônico. Com o êxito disso, nada e nem ninguém poderá ameaçar e intimidar o país.


Fontes consultadas

Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA)
Lockheed Martin. “Hypersonics”
Partyard. Hypersonic missiles: What are they and can they be stopped
RAJAGOLAPAN, Rajeswari Pillai. Hypersonic Missiles: A New Arms Race
Raytheon Technologies. Hypersonics: developing and defending against missiles far faster than sound
STILWELL, Blake. Why Russia’s Hypersonic Missiles Can’t Be Seen on Radar
TRACY, Cameron. How Do Hypersonic Weapons Work? And Your Other Questions Answered
WEITZ, Richard. China’s Hypersonic Missiles: Methods and Motives

2 comentários em “CEPS-BR explica: novo míssil planador hipersônico da Coreia do Norte demonstra primazia militar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s