Forças de ocupação dos EUA na Coreia do Sul estão recebendo vacina antes da população civil

Uma campanha interna de vacinação da Força dos EUA na Coreia (USFK) segue em andamento desde o fim de 2020 para imunizar quase 30.000 soldados estadunidenses que ocupam a Coreia do Sul.

O General Robert B. Abrams, em 23 de dezembro passado, emitiu um comunicado no site oficial da força de ocupação dos EUA na Coreia informando sobre o início da campanha de vacinação para os soldados estadunidenses. A vacina que está sendo usada é a Moderna e foi trazida dos EUA.

As primeiras cenas da equipe médica vacinando os soldados foram vinculadas pelo canal de notícias CNN em 28 de dezembro. O programa de imunização começou na base de Camp Humphreys, na cidade de Pyeongtaek, a 60km de Seul, capital sul-coreana. Camp Humphreys é a maior base militar dos EUA fora do território continental do país, abrigando quase 500 prédios, milhares de pessoas e até um mini parque aquático para os soldados.

Em seu comunicado, o General – que foi um dos primeiros a tomar a vacina – encoraja a todos os soldados a se vacinarem e não cita nada sobre a população local sul-coreana. Estão sendo vacinados, além dos militares, pessoal técnico e funcionários das bases militares, usando “doses extras”, como citado pelo General Abrams.

General dos EUA Robert Abrams foi um dos primeiros a receber a vacina da Moderna enquanto o povo sul-coreano segue em calamidade durante a pandemia
Militares dos EUA aguardam a vacinação em fila de espera na base de Camp Humphreys (Reprodução/CNN)

Os soldados dos EUA, que desde 1945 ocupam metade sul da Coreia, receberam a vacina antes do próprio povo sul-coreano, incluindo-se aí médicos e profissionais da saúde coreanos que ainda não foram vacinados.

A realidade da pandemia na Coreia do Sul é bem diferente da encontrada dentro das bases militares dos EUA estacionadas no país. O programa de vacinação segue atrasado e o presidente Moon Jae In anda com índices de popularidade muito baixos. Além disso, a Coreia do Sul terminou 2020 com números alarmantes de infectados diários, por volta de 1000.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s