Kim Jong Un presenteia oficiais com pistolas em comemoração à vitória sobre EUA

Ato cerimonial ocorrido no Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia comemorou os 67 anos da assinatura do armistício da Guerra da Coreia

Kim Jong Un, Presidente do Partido do Trabalho da Coreia e da Comissão de Assuntos Estatais e Comandante Supremo das forças armadas da RPDC, outorgou a pistola comemorativa “Paektusan” aos principais membros de comando das forças armadas do país, em saudação ao 67º aniversário do grande triunfo na Guerra de Libertação da Pátria.

O ato cerimonioso foi realizado solenemente na sede do CC do Partido na tarde de 26 de julho de 2020.

No ato, participaram o vice-marechal Pak Jong Chon, chefe do Estado Maior Geral do Exército Popular, os comandantes das armas e do nível do corpo do Exército Popular, outros de organismos das forças armadas de diferentes categorias, os membros do comitê executivo do Partido no Exército Popular e os oficiais diretivos do CC do Partido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na cerimônia, o Máximo Dirigente disse que iria outorgar como recordação a eles a pistola “Paektusan“, desenvolvida em nova forma pelos trabalhadores da indústria de guerra coreana, por ocasião do dia do grande triunfo na guerra, e prosseguiu:

“Isto constitui a expressão de grande confiança e esperança do Partido no pessoal comandante da nova geração, que, empunhando fortemente a arma da revolução, continuarão e levarão à perfeição a causa revolucionária do Juche.

Todos vocês devem se preparar como genuínos revolucionários armados, que possuem a fervorosa e pura lealdade ao nosso glorioso Partido e Estado, e como competentes ativistas militares equipados com a única e intransigente ideologia revolucionária do nosso Partido e versados na ideologia, teoria e métodos militares do Juche.

Estou convencido de serão infinitamente fieis à sublime missão assumida ante o Partido, à Revolução, à pátria e o povo, e avançarão sem hesitação alguma o longo e acidentado caminho da revolução seguindo do Partido para o triunfo definitivo da causa revolucionária do Juche.”

O Comandante Supremo outorgou em pessoa a significativa pistola “Paektusan” que tem inscrito seu nome, como demonstração de sua expectativa.

Todos os comandantes, que tiveram a extraordinária honra de receber como recordação a pistola “Paektusan” pelo Máximo Dirigente, levam ao peito as armas da revolução com que compartilhariam a vida ou a morte na árdua trajetória de duras batalhas decisivas, e entoaram o juramento de fidelidade ao Comandante Supremo e ao CC do Partido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além disso, diante do estandarte do Partido, juraram com toda sinceridade manter no coração, até a última batida de seu coração, a pistola “Paektusan” entregue pelo Líder Supremo, como os mártires que atravessaram os mares de fogo das grandes guerras anti-japonesas e anti-ianque, tomando forte as armas da revolução entregues pelo grande Líder Kim Il Sung, como os militares da Era Songun, que salvaguardaram a primeira linha do combate de defesa do socialismo, tomando como pilar de seu credo e vontade a pistola outorgada pelo grande General Kim Jong Il, confia e seguir, mesmo diante de qualquer tempestade e sem fim, apenas o Marechal, e cumprir sua sagrada missão de defesa do Líder, da pátria e do povo.

Por fim, o Máximo Dirigente Kim Jong Un tirou uma foto memorável junto com os comandantes que receberam a pistola comemorativa “Paektusan“.

110

___________
CEPS-BR
Via KCNA, com tradução de KFA-BR

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s