Declaração do CEPS-BR sobre os 56 anos dos trabalhos de KIM JONG IL no Partido do Trabalho da Coreia

Discurso lido na reunião online promovida pela Associação de Amizade com a Coreia do Reino Unido em razão do 56º aniversário do início das atividades de KIM JONG IL no Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia

19 de junho de 2020

Respeitados camaradas,

O Centro de Estudos da Política Songun do Brasil mais uma vez agradece a oportunidade de estar presente em uma nova reunião de camaradas internacionalistas que lutam em seus países pela Revolução autêntica e nacional pelo socialismo.

A razão da nossa reunião de hoje é o aniversário de 56 anos do início das atividades do respeitado General Kim Jong Il no Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia. Essa data tem um grande significado histórico e político não só para o povo coreano como também para todos os povos do mundo.

Acreditamos que todos aqui já saibam das grandes realizações do camarada Kim Jong Il durante o desempenho de suas tarefas no Comitê Central do Partido. As conquistas do povo coreano nesse período, lideradas pelo Partido, incluem não só o desenvolvimento econômico baseado num modo de produção que não contém exploração do homem sobre o homem como também incluem o fortalecimento militar da Coreia Socialista.

Então é necessária uma análise política sobre o significado da data de hoje.

É curioso pensar em como a Coreia estava em completa falta de sincronia com o restante do mundo socialista, principalmente a União Soviética, quanto ao aspecto político quando o camarada Kim Jong Il assumiu seus trabalhos no Comitê Central. Enquanto na URSS a memória de Stalin era diariamente difamada e coisas como a luta de classes e a educação ideológica do povo eram classificadas de “obsoletas” e “desnecessárias”, a Coreia Popular avançava ainda mais em seu aspecto político na Revolução Juche. Jamais ignorando os ataques internos e externos, típicas reações à uma Revolução Socialista, o camarada Kim Jong Il intensificou o trabalho de educação e firmeza ideológica não só dos membros do Partido como também de toda a sociedade. Aumentando a fidelidade do povo à causa revolucionária do Líder Kim Il Sung, o camarada Kim Jong Il, sem saber, estava preparando o povo para a difícil provação dos anos da Árdua Marcha.

Não é preciso dizer nessa reunião a importância de Kim Jong Il para a Coreia na passagem do século XX para o XXI, mas é preciso ressaltar que sem o seu trabalho no Comitê Central, provavelmente o povo coreano jamais teria condições ideológicas de superar a crise econômica e as agressões dos imperialistas dos EUA nos anos 1990. O povo coreano só conseguiu vencer os obstáculos porque estava firmemente apoiado ao redor do Comitê Central do Partido e principalmente porque tinha os instrumentos ideológicos que fazia ser possível a compreensão total da situação que se passava e qual o caminho a se seguir.

Povos sem educação ideológica como essa, cultivada pelo camarada Kim Jong Il, tomaram decisões erradas que acabaram destruindo seus países e entregando suas riquezas para as potências estrangeiras. Governos populares – mesmo que revisionistas – foram destituídos, prédios queimados, muros derrubados e revoluções “democráticas” varreram os direitos dos trabalhadores, fazendo com que países como a URSS e o Leste Europeu voltassem décadas atrás na sua história.

Isso não aconteceu na Coreia graças aos incríveis esforços coletivos do povo coreano, liderado pelo camarada Kim Jong Il. Por essa razão, ele é celebrado como o Eterno Secretário Geral do Partido do Trabalho da Coreia e merece esse título.

No dia de hoje, não só exaltamos a grande memória do camarada Kim Jong Il como também avaliamos a justeza e correção de seus atos frente ao Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, que manteve o curso da Revolução em momentos difíceis, apoiando causas nobres por todo o mundo – como qualquer comunista internacionalista deve fazer – e transformando a Coreia não só em uma potência militar como também em uma potência política.

Por essa razão, todo 19 de junho temos o orgulho de dizer, em todo o mundo, do fundo de nossos corações:

VIDA ETERNA À MEMÓRIA DO CAMARADA KIM JONG IL, QUERIDO LÍDER DO POVO COREANO E AMIGO DOS TRABALHADORES DE TODO O MUNDO!
MANSE!

______
Lucas Rubio
Presidente do CEPS-BR
(lido por Raphael Puig em inglês)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s