Opinião: nos tempos de Coronavírus, defendamos o socialismo!

O COVID-19, uma nova mutação de um tipo de vírus já conhecida há quase dois séculos pela humanidade (o grupo dos Coronavírus tem esse nome por conta de seu formato lembrando uma coroa), teve seu epicentro na República Popular da China. Inicialmente, em novembro de 2019, o governo de Xi Jinping resolveu fazer das notícias desse surgimento um assunto confidencial, uma vez que informações de risco biológico podem gerar histeria coletiva e desespero da população, facilitando a proliferação de doenças (se alguém ainda tem dúvidas disso, basta ver o que está acontecendo agora).

Quando do espalhamento desse vírus em Wuhan, o país se mobilizou totalmente para conter a pandemia: fizeram todo tipo de instalação médica, até mesmo a histórica construção em tempo recorde de dois hospitais, a movimentação de médicos, enfermeiros e profissionais da saúde do país inteiro, e conseguiu fazer com que toda a população chinesa obedecesse as medidas tomadas pelo governo para conter a pandemia. Impediram o aumento dos preços de produtos, a saída e entrada de pessoas sem o devido controle e quarentena, e realizaram todo tipo de desenvolvimento de remédios e procedimentos médicos para achar controle para a doença. Fecharam redes de comércio BILIONÁRIAS, como a venda de animais silvestres, entre outras. Os investimentos foram altíssimos.
Mesmo ainda não tendo achado uma cura certa para o vírus, o país conseguiu ZERAR novos casos da doença por contaminação social.

A República Popular Democrática da Coreia, liderada bravamente pelo Marechal Kim Jong Un, em esforços também nunca antes vistos, mobilizou toda a Nação para conter a entrada do vírus, estabelecendo medidas de higienização e descontaminação, quarentena nas fronteiras do país para as pessoas que entram e saem, como moradores das comunidades norte-coreanas na China e Rússia, entre outros países, medidas de controle de possíveis contaminações por contato social, e prestou ajuda médica e financeira para o governo chinês. O resultado é claro: ZERO casos no país.

Cuba, país latino-americano com governo socialista e economia planificada, está fazendo todos os esforços possíveis para testar medicamentos que possam curar os pacientes com a doença, tomando medidas de segurança, fechamento de fronteiras e impedimento de contato social à certa distância, medidas de higienização para impossibilitar possível contaminação do vírus, e chegou a ACOLHER pessoas infectadas de um cruzeiro britânico, tratando-as em seus hospitais públicos e inteiramente gratuitos. Enviou médicos para a Itália, país com grave situação relacionada aos casos do COVID-19, para a China, e outros países.

O Vietnã, país também governado pelo seu Partido Comunista, instalou postos de descontaminação em todo seu território, além de tomar duras medidas de quarentena e controle da população para impedir o contágio, e está mobilizando a sociedade toda para auxílio mútuo.

Enquanto isso, no mundo capitalista e nos países voltados ao neoliberalismo e liberalismo tosco e retardatário, governantes e ministros dizem que “a economia não pode parar”, e não estão tomando medida ALGUMA para proteção populacional, deixando as pessoas à própria sorte, os médicos e profissionais da saúde desesperados e sobrecarregados, investimento algum na saúde e no controle do ir e vir das pessoas. Os casos somente aumentam e ninguém faz nada. No Brasil, as próprias instâncias estaduais e municipais estão contrariando as atitudes toscas da presidência da República e tomando medidas à revelia. Pela falta de organização, a população continua saindo às ruas e se contaminando com o vírus, tornando a questão extremamente alarmante. Em pequenos lapsos de realidade, o governo toma algumas medidas, mas elas mesmas não se aplicam às grandes igrejas evangélicas, que continuam realizando seus cultos, dizendo que o deus deles irá curar a todos.

Na parte sul do território coreano, a maior parte dos casos do Coronavírus foram causados por uma igreja como essas, e a situação no país está alarmante.

E para completar, esses mesmos países com governos irresponsáveis estão atacando o governo chinês e norte-coreano com informações falsas e acusações infundadas. É o colapso do capitalismo, e de farsas como o neoliberalismo, liberalismo e “anarcocapitalismo”. É a queda de todos os “mitos”, sejam eles de seitas hegemônicas que controlam o pensamento social, seja de figuras de internet e piadas de televisão que subiram ao poder.

O que irá nos salvar dessa pandemia: são os governos voltados ao capitalismo pensarem primeiramente nas pessoas, e esquecerem coisas como “dinheiro” e “economia”? Isso não é importante agora. A situação com esse vírus está nos mostrando o quanto políticas de redução do Estado e de economia capitalista são falhas e podem quebrar a qualquer momento. Está nos mostrando o quanto a falta de um planejamento central e uma estrutura de poder minimamente popular são necessárias.

Pedimos encarecidamente a quem lê, segue e acompanha nosso trabalho, que respeite a quarentena e se previna. Juntos, iremos combater o COVID-19. Temos essa esperança. Previnam-se! Independente de suas crenças pessoais, ciência e a medicina ainda estão conosco!

Defendamos o Socialismo! Venceremos!

_______
Raphael Puig
Delegado do CEPS-BR (Rio de Janeiro)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s