Sobre os 3 anos do Centro de Estudos da Política Songun – Brasil

Outubro é um mês muito especial para nós. Comemoramos no dia 6 desse mês o estabelecimento do Centro de Estudos da Política Songun do Brasil. Enquanto o dia 6 de outubro marca a data formal da fundação de nosso grupo, o dia 7 marca o lançamento da nossa página no Facebook, um dos nossos principais meios de comunicação.

Nossa primeira reunião presencial ocorreu no dia 16 de fevereiro de 2017, data em que marcamos os 75 anos de nascimento do General Kim Jong Il e iniciamos de fato as nossas atividades. Nesse importante evento, realizado na UERJ, nós contamos com a presença de amigos e camaradas muito caros para nós e que até hoje nos auxiliam muito com nosso trabalho, como o Centro de Estudos da Ideia Juche – Brasil e a Associação da Amizade Brasil-Coreia, comandada pela camarada Rosanita Campos.

EImvUXVzMHY
Nosso primeiro encontro: fevereiro de 2017.

Foi também muito simbólico no nosso início de atividades a gentil carta que recebemos do camarada Dr. Dermot Hudson da Inglaterra, presidente de vários grupos daquele país que estuda há anos a Coreia e que na época foi a primeira organização internacional a congratular a formação de um grupo no Brasil para o estudo da Política Songun. Em julho desse ano de 2019 tivemos a chance de realizar um histórico encontro com o camarada Dermot Hudson em um dos maiores eventos que já organizamos.

55
O camarada Dermot Hudson durante sua visita ao Brasil e participação em um evento do CEPS-BR junto do camarada Lucas Rubio.

Nesses 3 anos que se passaram, nosso Centro de Estudos passou de ideias para realizações. Temos feito, desde então, inúmeras atividades em diversas partes do Brasil e do mundo em uma incansável marcha não apenas para estudar a República Popular Democrática da Coreia mas também para provocar a reflexão entre as pessoas de que o caminho do socialismo é o caminho a ser seguido pelos povos do mundo que desejam viver livres e felizes.

Durante nossa existência, realizamos seminários, palestras, aulas, videoconferências, participamos de entrevistas, escrevemos livros, realizamos atos de apoio e de protesto e muitas outras formas mais de divulgação da Ideia Juche e Ideia Songun.

Talvez um dos pontos mais altos nesses 3 anos do nosso Centro de Estudos foi a visita de 10 dias que realizamos em setembro de 2018 à República Popular Democrática da Coreia à convite da Associação Coreana de Cientistas Sociais para as comemorações pelos 70 anos de fundação da República. O CEPS-BR esteve presente na minha figura.

 

IMG_20180905_103101_HDR
Lucas Rubio diante das estátuas dos líderes Kim Il Sung e Kim Jong Il na Colina Mansu, Pyongyang, República Popular Democrática da Coreia.

É valioso o trabalho dos demais camaradas do nosso Centro de Estudos que atuam em outros estados brasileiros, como os companheiros Gabriel Tanan e Fabio Khachaturian, em São Paulo.

Em três anos, no Brasil, estivemos participando de atividades no Rio de Janeiro, onde nos concentramos, mas também estivemos em São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e futuramente pretendemos estar em muitos outros lugares do nosso país, conhecendo nossa gente, nossas necessidades e levando a cada rincão a experiência da Revolução Coreana como inspiração para nossa própria Revolução. Além desses lugares, estivemos também presentes durante o Seminário Latino-Americano da Ideia Juche, realizado na Venezuela, em outubro de 2018, onde pudemos não só presenciar como também fundar ativamente o Movimento Juvenil por uma América Latina Independente, no qual estamos com nossos trabalhos atrelados.

Reunindo tudo que produzimos nesses três anos, temos a certeza de que nosso trabalho está sendo realizado com grande responsabilidade, carinho e afinco. São milhares de artigos na internet, além de inúmeros materiais audiovisuais e vidas atravessadas pelos eventos que fizemos e ainda faremos.

De grande peso e inestimável também foi e é o apoio que recebemos dos simpáticos camaradas da Embaixada da RPDC no Brasil, que nos munem com informações, livros e apoio moral. Descobrimos ali verdadeiros irmãos trabalhadores que nada querem além de defender seu país e ajudar na construção de um mundo novo e livre. Com eles também realizamos e participamos de seminários e apresentações que marcaram todos os envolvidos.

30420459_2007250322680243_8474246616939405880_o
O camarada Lucas Rubio, Presidente do CEPS-BR, o camarada Fabio Khachaturian, vice-presidente do CEPS-BR e os companheiros da Embaixada da RPDC.
53111219_2651259504945985_8618515847008223232_o
Evento realizado no Rio de Janeiro com os camaradas Embaixador da RPDC no Brasil, Kim Chol Hak, e Myong Chol, Conselheiro Político da Embaixada da RPDC no Brasil.

Nosso agradecimento também deve ir aos camaradas da Liga Latino-Americana dos Irredentos, que deram suporte e sediaram alguns dos eventos mais simbólicos que o CEPS-BR já realizou. Como grupo político de construção do socialismo ao estilo latino-americano, os camaradas dos Irredentos nos deram um importante espaço para falar sobre a Coreia Popular e sua revolução anti-imperialista e socialista.

Incomparável também foi o apoio que temos dos companheiros da Tribuna da Imprensa Livre, que desde nossos primeiros momentos estão presentes em nossos eventos e que também cederam valioso espaço em suas mídias para nossos artigos e atividades.

Também nosso muito obrigado para a TV Comunitária do Rio de Janeiro, que algumas vezes realizou entrevistas para a TV conosco, levando a um grande número de pessoas informações que a TV geralmente não diz sobre a Coreia do Norte.

O apoio e ajuda da Revista Intertelas e do companheiro João Cláudio Pitillo também são dignos de nota.

Estendemos também nossos agradecimentos aos companheiros das Edições Nova Cultura, da Juche TV, do Movimento Nova Pátria e também a Associação Cultural José Martí do Rio de Janeiro por apoio em diversos momentos.

Nada disso teria sido possível, é claro, sem a recepção e ajuda impressionante que recebemos do público e de diversas outras organizações e páginas que não só nos apoiam moralmente como também divulgam nosso trabalho, nos convidam para produzir novas coisas e contribuem de maneira inestimável nesse caminho.

IMG-20190829-WA0127
Estamos construindo, no Brasil, uma poderosa aliança de amizade entre o povo brasileiro e o povo coreano. Na foto, recente evento realizado em São Paulo.
MS-Brasil-Coreia
A amizade internacionalista com a Coreia tem conquistado vários estados brasileiros. Na foto, nós no Mato Grosso do Sul durante evento realizado com o apoio do PSOL-MS e entidades de luta.

Por cada lugar que tivemos, recebemos calorosas boas-vindas das pessoas que se interessam muito pelo tema ou até mesmo que possuem uma visão muito negativa sobre a Coreia Popular mas que, após ouvir um pouco do que temos a dizer, sempre retornam contando que estão refletindo e mudando sua opinião. Na internet, não só brasileiros como também camaradas de outros países do mundo saúdam nossos esforços e constroem conosco uma grande rede de informações e apoio à justa causa revolucionária da Coreia.

Nosso trabalho só é possível graças a vocês que estão desse lado nos lendo, nos ouvindo, nos apoiando. A vocês, nossos sinceros agradecimentos!

Desejo a todos que estão conosco boas realizações e desejo ao nosso tão caro Centro de Estudos da Política Songun do Brasil muitos anos mais de existência e de feitos ainda maiores e mais marcantes.

Viva o Centro de Estudos da Política Songun do Brasil!
Viva a Revolução Coreana!
Viva a Revolução Brasileira!

Lucas Rubio

Presidente do Centro de Estudos da Política Songun – Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s