59 anos de Revolução Songun

O dia 25 de agosto marca o início da liderança revolucionária da Coreia baseada no Songun. Nessa data, em 1960, o Dirigente Kim Jong Il realizou sua famosa visita a 105ª Divisão de Tanques “Seul” do Corpo de Guardas Ryu Kyong Su em companhia do Presidente Kim Il Sung. Essa visita de campo é considerada na Coreia como o início de sua direção sobre a Revolução baseando-se no Songun, dando importância aos aspectos militares.

Nesse dia, o Dirigente Kim Jong Il esteve com inúmeros soldados e oficiais da 105ª Divisão de Tanques e pôde ver, em uma das suas primeiras atividades políticas, como viviam os militares do país, vivendo entre eles por alguns instantes em seus lugares de convívio e treinamento.

20190614_8
Presidente Kim Il Sung e Dirigente Kim Jong Il durante uma orientação de campo a uma unidade militar em 1963.

Depois de dar instruções sobre o fortalecimento da eficiência de combate da unidade, ele viu, em uma das salas dos militares, uma placa com um slogan que dizia «Vamos defender com nossas vidas o Comitê Central do Partido chefiado pelo respeitado camarada Kim Il Sung!». O slogan havia sido criado pelos técnicos militares da unidade e conclamava os soldados a defenderem com toda determinação e energia, ao custo de suas próprias vidas, a Liderança e a Revolução.

Desde aquele momento, Kim Jong Il se viu inspirado e percebeu a gigantesca importância da classe militar para a construção e proteção da Revolução Socialista na Coreia. A partir daquele dia, o General Kim Jong Il fez inúmeras visitas a unidades militares e começou a dar grande importância aos assuntos do Exército. Era o início da Revolução Songun, fundada num espírito profundamente anti-imperialista, socialista e patriótico.

No final ainda da década de 1960, o Dirigente Kim Jong Il começou seus trabalhos no Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia e foi nos anos 1990, quando a Coreia se viu em uma das suas piores crises, que a Política Songun começou a ser plenamente praticada. “Songun” significa “linha militar” ou “militares primeiro” e coloca sobre o Exército Popular da Coreia a responsabilidade de levar adiante a todo custo a Revolução e salvaguardar o socialismo ao estilo coreano. Para isso, o Exército passou a ser modernizado e equipado com grande quantidade de armamentos poderosos construídos com as mentes e materiais da própria Coreia, sob a bandeira da auto-suficiência.

20190614_6320190614_6820190614_96

O General Kim Jong Il percorreu muitas dezenas de milhares de quilômetros na Coreia, sob sol, chuva, neve e vento, visitando postos avançados, unidades de treinamento, fábricas de armamentos e realizando testes militares que elevaram o Exército Popular da Coreia a uma das forças militares mais fortes e formidáveis da Terra, estando hoje na posição de 4º maior exército do mundo.

A Revolução Songun, delineada e posta em prática pelo destacado líder Kim Jong Il, busca manter na essência da Revolução Coreana as memórias e lutas dos primeiros dias da Revolução, quando o General Kim Il Sung fundou o primeiro exército revolucionário da Coreia, na década de 1920, e operou a guerrilha que libertou o país da ocupação estrangeira.

20190614_911_sIyrsnnKrfe2dzxfuxiEpA

A liderança revolucionária baseada no Songun salvou a Coreia em momentos de grande hostilidade militar externa causada pelos imperialistas dos Estados Unidos, que se mantém há mais de 70 anos na posição de ocupante de metade da Coreia, e também aprofundou ainda mais a construção socialista e a defesa do Juche.

Hoje em dia o Songun segue a pleno vapor na Coreia baixo a direção do Marechal Kim Jong Un, que continuou o comando da Revolução salvaguardando a soberania da Coreia.

GLÓRIAS À REVOLUÇÃO SONGUN!

___________
Lucas Rubio
Presidente do Centro de Estudos da Política Songun do Brasil

1-1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s