Informe sobre reunião do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia

No dia 7 de outubro de 2017, em Pyongyang, capital da Revolução, ocorreu a Segunda Reunião Plenária do Sétimo Período do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia.
Kim Jong Un, Presidente do PTC, dirigiu a reunião plenária.

18

Nesta reunião participaram os membros suplentes do Comitê Central do PTC.

Também estavam presentes os membros da Comissão Central de Revisão do PTC.

E estavam como observadores os funcionários responsáveis do Comitê Central do PTC, dos ministérios, dos órgãos centrais, das províncias (cidades) e distritos, além de funcionários de fábricas e empresas importantes.

Na reunião foram propostas as seguintes agendas:
1 – Sobre as tarefas imediatas frente à situação criada;
2 – O problema de organização;

Na reunião plenária foi discutida inicialmente a primeira agenda. Kim Jong Un, Presidente do PTC, fez um relatório sobre a primeira agenda.

3

No seu relatório, o Presidente analisou e avaliou a complexa situação internacional em torno da República Popular Democrática da Coreia e os importantes problemas apresentados, além de elaborar propostas para as atividades imediatas do Partido e para o desenvolvimento econômico, as tarefas e os meios estratégicos para a prática da organização.

Ele apontou que juntamente com suas forças apoiadoras, os imperialistas estadunidenses fazem desesperados esforços para suprimir completamente nossos direitos à soberania, à existência e ao desenvolvimento inventando “resoluções de sanção” uma atrás da outra no Conselho de Segurança da ONU.

Esclareceu com seriedade que nossas armas nucleares são o precioso resultado da luta sangrenta do nosso povo para defender o destino e a soberania da Pátria contra a ameaça nuclear dos imperialistas ianques, que perdura muito tempo; o arsenal nuclear é uma dissuasão poderosa que protege firmemente a paz e a segurança na Península Coreana, na região do Nordeste Asiático e é o remédio justo e onipotente que não só elimina a nuvem de despotismo que tenta levar a humanidade à uma grave catástrofe como também permite que as pessoas desfrutem de uma vida independente e feliz sob o céu azul e claro.

11

7

O Presidente do PTC avaliou que mesmo no meio das sanções crescentes dos imperialistas ianques e seus satélites, este ano a ciência e tecnologia do País se desenvolveram rapidamente e, com base nesse poder, a economia nacional cresceu.
Mediante a luta deste ano para a materialização da resolução do Sétimo Congresso do PTC, adquirimos as preciosas experiências com as quais poderemos forjar o futuro, superando as sanções dos inimigos, enquanto a estrutura econômica do País é aperfeiçoada independentemente, havendo aí uma base sólida, acrescentou Kim Jong Un.

A situação criada e a realidade de hoje demonstraram que foi muito justo que o nosso Partido tenha avançado com passos firmes no caminho do socialismo Juche, assumindo firmemente a Linha de Desenvolvimento Paralelo da construção econômica e das forças armadas nucleares, e que no futuro devemos continuar seguindo por este caminho imutável, também disse ele.

12

22

Esclareceu a posição do princípio e da estratégia de reação revolucionária do nosso Partido para pôr fim à chantagem e à ameaça nuclear dos imperialistas estadunidenses, consolidando ainda mais o poder da economia nacional e abrindo o amplo caminho para a construção do poder econômico socialista e enfatizou a necessidade de fortalecer ainda mais a nossa força sob a bandeira da independência, da autoconfiança e frustrar completamente as manobras imprudentes de guerra nuclear e campanhas de sanção do inimigo.

Ele afirmou que, ao implantar sua liderança legítima, o nosso Partido acabará com o confronto anti-ianque realizado desde o século passado e avançará até a vitória final da causa socialista; ele também apresentou o curso da luta e as tarefas para levar a Revolução a um novo auge.

Ele enfatizou a necessidade de consolidar ainda mais o poder da unidade monolítica entre o Partido e as massas populares.

16

8

Afirmou também que a unidade monolítica é o fundamento da existência do nosso Partido e do Estado e é a arma mais poderosa da nossa Revolução, ressaltando a necessidade de orientar e manter o objetivo de todas as atividades do Partido e do Estado para consolidar a unidade monolítica da posição revolucionária e estabelecer de forma mais estrita a maneira partidária revolucionária de servir fielmente ao povo.

Ele mencionou a necessidade de chegar a um feliz término da grande causa histórica da construção das forças armadas nucleares do Estado, continuando a materializar completamente a orientação do Desenvolvimento Paralelo do partido.

Ele enfatizou a produção de um novo auge na construção do poder econômico socialista com base na grande força matriz do auto-fortalecimento e do poder da ciência e da tecnologia.

A principal chave para frustrar as piores manobras de sanções dos imperialistas estadunidenses e suas forças seguidoras, para transformar o desfavorável em favorável, é precisamente a autoconfiança e força da ciência e da tecnologia; ele salientou a necessidade de intensificar por todos os meios o caráter independente e jucheano da economia nacional.

Tomar mais firmemente a linha da juchenização da economia nacional e do lema de autoconfiança fará que desenvolvamos com determinação a luta para tornar independente a economia do país, que se baseie em nossas forças, técnicas e recursos para superar as severas dificuldades de hoje. Isso servirá para trazer a mudança decisiva na construção do poder econômico independente, sublinhou e iluminou em detalhes as tarefas para os ramos da economia nacional.

As ciências e tecnologias tornam-se a locomotiva da construção do poder socialista; todos os domínios e todas as unidades devem materializar plenamente a política econômica do Partido, colocando-os firmemente e mobilizando suas próprias forças científicas e tecnológicas, e também a força e inteligência das massas produtoras, afirmou o Marechal.

26

9

O Conselho de Ministros e todos os órgãos diretivos da economia devem fazer e executar bem a operação e o comando para implementar rigorosamente a estratégia da reação revolucionária, ressaltou.

A fim de realizar a linha e estratégia revolucionária do Partido, o Presidente apresentou como meio importante o trabalho de fortalecer por todos os meios a função e o papel combativo das organizações partidárias de todos os níveis.

Assegurou que todo o Partido deve prestar a atenção ao fortalecimento dos comitês da organização primária e as células do Partido para que todas as organizações partidárias de base se movam sempre de maneira combativa e dinâmica, sob a única direção do Comitê Central do Partido e se esforcem ativamente pela materialização das linhas e orientações do Partido.

Embora a situação de hoje seja muito severa e estejamos enfrentando obstáculos, nosso Partido, que goza de absoluto apoio e confiança de todo o exército e povo, é sempre invencível e abre o caminho vitorioso mantendo firmemente a linha independente em qualquer mudança de circunstância, enfatizou.

Graças à base firme da economia independente, preparada pelo Presidente Kim Il Sung e o Dirigente Kim Jong Il, à fileira de científicos formados pelo nosso Partido, ao exército e ao povo armados com o espírito revolucionário de nosso Partido e a tradução da luta apoiada na autoconfiança, nossa causa é invencível, disse. Acrescentou que a luta energética pela vitória final da Revolução dá-se pela firme união em torno do Comitê Central do Partido.

Na reunião plenária foi adotada a resolução sobre a primeira agenda.

Posteriormente também foi discutido o problema de organização, pauta da segunda agenda.

14

15

Uma eleição foi feita. Para cada cargo, foram destituídos antigos membros e eleitos novos. A seguir constam os resultados da eleição:

Membros e suplentes do Bureau Político do Comitê Central do Partido.
Elegeram como membros: Pak Kwang Ho, Pak Thae Song, Thae Jong Su, An Jong Su e Ri Yong Ho. E como membros suplentes: Choe Hui, Pak Thae Dok, Kim Yo Jong e Jong Kyong Thaek.

DLp2VLrUIAAersq
Kim Yo Jong é irmã do Marechal Kim Jong Un

Vice-presidentes do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia.
Pak Kwang Ho, Pak Thae Song, Thae Jong Su, Pak Thae Dok, An Jong Su e Choe Hui.

Comissão Militar Central do Partido do Trabalho da Coreia.
Choe Ryong Hae, Ri Pyong Chol, Jong Kyong Taek e Jang Kil Song.

Membros e suplentes do Comitê Central do PTC.
Eleitos como membros: Kim Pyong Ho, Kim Myong Sik, Kim Jong Sik e Choe Tu Yong. Como suplentes: Ju O, Jon Kwang Ho, Ko In Ho, Choe Tong Myong, Ryang Won Ho, Kim Kwang Hyok, Hong Yong Chil, Kim Myong Gil, Kim Tu Il, Ryang Jong Hun, Ri Hi Yong e Ho Chol Yong.
Eleitos como membros suplentes: Sin Ryong Man, Yu Jin, Sin Yong Chol, Jang Kil Song, Ju Song Nam, Rim Kwang Ung, Jang Ryong Suk, Kim Yong Ho, Hyong Song Wol, Ma Won Chun, Ryom Chol Su, Song Chun Sop, Jang Jun Sang, Kim Yong Jae, Kim Chun Do, Kim Chang Gwang, Kim Yong Gyu, Jo Jun Mo, Sin Yong Chol, Kim Chang Yop, Jang Chun Sil, Pak Chol Min, Pak Mun Ho, Choe Sung Ryong, Choe Rak Hyon, Ho Pong Il, Kim Kwang Yong e Son Thae Chol.

Foram nomeados também alguns chefes de departamentos do Comitê Central do PTC e o novo editor-chefe da Editora do Jornal Rodong Sinmun.

Chefes de departamento do PTC.

Foram nomeados: Choe Ryong Hae, Pak Kwag Ho, Thae Jong Su, Kim Yong Su, Ryang Won Ho, Ju Yong Sik e Sin Ryong Man.

Kim Pyong Ho foi nomeado como editor chefe da Editora do Jornal Rodong Sinmun.

Jo Yon Jun foi eleito como Presidente da Comissão de Controle do Comitê Central do PTC.

Também foram nomeados os Presidentes dos Comitês do PTC nas províncias.
Kim Tu Il foi nomeado como Presidente do Comitê do PTC na província de Phyong-an do Sul; Ryang Jong Hun como Presidente do Comitê do PTC na província de Hwanghae do Norte e Ri Hi Yong como Presidente do Comitê do PTC na província de Hamgyong do Norte.

24

A Segunda Reunião Plenária do VII Período do Comitê Central do PTC, efetuada sob a direção do Presidente Kim Jong Un, servirá de motivo transcendental em antecipar a vitória final da construção da potência socialista e da causa revolucionária do Juche ao organizar e mobilizar com dinamismo todo o Partido, todo o Exército e todo o Povo para a ofensiva geral para a materialização da resolução do Sétimo Congresso do PTC sob a bandeira do grande Kimilsungismo-Kimjongilismo!

(Com informações de KCNA.)

______________________
Gabriel Tanan
Centro de Estudos da Política Songun – Brasil

1.fw

Um comentário em “Informe sobre reunião do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s